terça-feira, 27 de julho de 2010

Maués(AM) - Últimas notícias do Projeto - Edição 2010

Quarta-feira - 21 de julho de 2010

Manhã com o dado do amor

A manhã começou bem animada! Fomos até o Jardim Fraternidade apresentar o dado do amor para as crianças que tinham de 4 a 6 anos. Entre uma face e outra do dado, uma breve explicação e algumas experiências dos Gen4. A manhã continuou com muita festa, canções e muitos atos de amor. No fim, as crianças ganharam um painel com a proposta de encherem o céu com as estrelinhas que representam seus atos de amor!

Encontro com os Professores

Após esse momento de descontração, chegou a vez dos professores. Ocupando a posição de alunos, ouviram atentamente o tema sobre a Pedagogia da Unidade. Esse encontro já estava sendo preparado com a ajuda de duas professoras voluntárias do Movimento (Maria José e Francisca), da “Minha Escola”, uma das escolas de educação infantil da cidade.

Todos ficaram muito atentos e interessados com essa novidade do dado do amor já incorporada na “Minha Escola”. Além disso, todo o discurso sobre a não violência, a importância do papel do professor como mestre e a responsabilidade que eles devem ter com a formação do futuro de seus alunos, foram outros temas que tocaram muitos dos presentes. Eis algumas impressões do encontro:

“...O dado do amor é muito interessante, vou adaptar em minha sala...”

“Esse encontro veio enriquecer nossos conhecimentos e contribuir para minha prática pedagógica...”

“Esse encontro foi importante principalmente
para aprofundarmos como devemos trabalhar na sala de aula
e transmitir aos alunos como devemos conviver no dia-a-dia.”

“Foi um encontro muito significativo tanto para minha vida familiar como profissional. Devido à profissão que exercemos, percebo que muitos de nós professores deixamos a desejar em relação à educação (...). Esse encontro foi importante para refletir sobre certas atitudes.”

Encontro com Famílias – noite

Iniciamos a noite com a exposição de experiências de todos os jovens da equipe do Projeto. Cada um colocou algo que ficou marcado para sua formação enquanto pessoa:
  • Lucival falou sobre a experiência de acolher um morador de rua, quando ainda morava com sua mãe, procurando ver naquele homem a presença de Jesus.
  • Priscila falou sobre a educação que recebeu em sua família e na Obra e como foi importante no momento em que passou a morar na cidade de São Paulo.
  • Vanessa falou sobre a experiência das reuniões em família, em que se faziam as comunhões de alma, momentos da hora da verdade e decisões para o futuro.
  • Guilherme falou sobre a importância da formação Gen e da possibilidade de ter participado do Super Congresso Gen 3 na Índia, em que pode conviver com pessoas de culturas diversas.
  • Heraldo colocou uma experiência forte de andar contra a corrente em relação da vivência da pureza e de sua escolha vocacional.
  • Danilo disse que está marcado pelas experiências vividas quando era Gen4.
  • Cristielle contou sobre a opção de andar contra a corrente, não julgando seus amigos e demonstrando a eles que essa atitude de não julgar o outro é uma atitude de amor para com os outros.
  • Andresa disse também sua experiência de andar contra a corrente na universidade, procurando viver bem a vontade de Deus no momento presente que é estudar e não sair com os colegas durante as aulas.
  • E, por fim, Tarcivan contou sobre sua dificuldade de falar por conta de uma deficiência física e o quanto percebeu o Amor de Deus, dando sua resposta enfrentando essa dificuldade aproximando-se das pessoas. Encerrou com uma pergunta: "Será que se eu não nascesse assim, eu estaria aqui falando com vocês?"
Em seguida, apresentamos o tema sobre a educação dos filhos, enfatizando a importância do diálogo e do fazer-se um para gerar a presença de Jesus no meio. Distribuímos os 15 pontos para educação dos filhos, feitos por Raimundo e Maria Scotto. Estiveram presentes cerca de 250 pessoas, entre casais, jovens e idosos. Abrimos para o público falar alguma experiência e três pessoas colocaram suas experiências.

Quinta-feira - 22 de julho de 2010

Entrevista na Rádio

Os jovens foram convidados a dar uma entrevista na Rádio Guaranópolis à respeito do Workshop sobre Política. Foram à Rádio: Lucival, Priscila, Heraldo e Cristielle. Apresentaram com muita alegria e sabedoria o ideal do Mundo Unido e toda a proposta de construir uma política nova. Aproveitaram para convidar todos os jovens a participar da noite de sexta feira.

Encontro com Famílias – noite

Encerrando a programação com as famílias, o tema desenvolvido foi sobre a Economia Doméstica, usamos como base o texto escrito por Marcelo Padilha, de Famílias Novas do Rio de Janeiro. Estiveram presentes cerca de 280 pessoas e percebemos em seus rostos uma alegria ao nos cumprimentarem; pareciam satisfeitos. Deixamos como sugestão de ajuda para organização familiar um modelo de planilha orçamentária. Encerramos com uma comunhão dos presentes: cerca de 5 pessoas comunicaram suas impressões sobre o encontro. E também colhemos as impressões por escrito, as quais só ressaltaram o positivo e mostravam uma alegria imensa, que sabemos foi gerada pela presença concreta de Jesus entre nós.

Impressões de alguns casais:

“Achei muito importante, pois às vezes, pequenas coisas que deixamos de fazer tornam nossas vidas muito distantes do que Deus quer de nós (...).
Espero que esse projeto chegue a muitas outras famílias.”

“Esse encontro foi de extrema importância, não só para as famílias já formadas, mas também para os que ainda formarão a sua. Desse modo, menos erros serão cometidos e as chances de um casamento bem sucedido serão maiores.
Esse é o meu caso, pois me casarei em outubro (...).”

“Maravilhoso como Deus providencia para nós momento tão agradáveis! (...).
O testemunho arrasta! É desse testemunho que a sociedade necessita
para que cresça a fé no seio das famílias.”

“Foi um reabastecimento que nos tornou mais encorajados na busca da perfeição a cada instante (...). Se Deus é amor, tudo é possível quando se ama.”

“A semente foi semeada, futuramente crescerá.
Foram dias transformadores e adoráveis. Assuntos antes muito esquecidos, porém agora relembrados a partir dessa pequena grande semente.”

“Excelente! Nunca havia participado de algo desse nível, pude aprender a melhorar como pai, esposo e também como filho, de modo que foi muito proveitoso. Espero que voltem no ano próximo
para colherem os frutos do que foi plantado aqui na terra do guaraná!”

Sexta-feira - 23 de julho de 2010

Passeio em Vera Cruz

Após a missa, por volta das 8:30h, o grupo do Projeto Amazônia saiu de barco da frente da casa do Apolo e da Neila, que fica à beira do Rio Maués-Açú. O barco Jubileu 2000, de propriedade da Diocese e sob responsabilidade do Padre Carlos, Pároco da cidade, conduziu-nos até o outro lado do rio. P local é chamado de Vera Cruz, uma praia linda, onde assamos um Tambaqui enorme (+ ou – 30 kg) ofertado pelo Pe. Carlos. Também havia Jaraqui assado, comprado de pescadores que haviam apenas acabado de puxá-los na rede durante a travessia do rio. Foi espetacular!

Antes do almoço, fizemos uma comunhão sobre o que havia sido a semana para cada um. E nos marcou a impressão do Pe. Carlos sobre o projeto, em que agradecia por essa semana e pela ajuda que ele sentia que estava recebendo, vendo como um período de muitas Graças. Dizia que estava impressionado com a presença do grande público, de muitas pessoas evangélicas, mas principalmente da participação daqueles que estão afastados da Igreja.

Foi um momento de grande Jesus em meio, em que se construiu um clima de família, não apenas entre o grupo do Projeto, mas também, com o padre, um diácono e dois casais que vieram com suas voadeiras (um casal de famílias novas e outro casal de Gen que namoram). Fizemos nosso repouso, nadamos, comemos, jogamos futebol, tudo com uma alegria extraordinária da presença de Jesus entre nós.

Providências

Hoje à tarde, vivenciamos alguns testemunhos de gratidão do povo de Maués. Um rapaz veio até a casa de Neila e Apolo trazer um saco de pão, disse que era para nós e que estava muito agradecido da nossa presença aqui. Pediu-nos para conversar com um casal que está passando por um momento difícil, combinou um horário, mas o encontro não aconteceu, não sabemos por quê. Mas ficou o testemunho desse amor para conosco.

Mais à noite, outro casal, ofereceu um almoço no domingo, após nosso encontro, para toda a equipe. Haviam dito que o filho, um Gen que está no Acre, ligou pedindo para nos convidar para um almoço e se comprometeu com os pais de ajudá-los nas despesas.

Após o encontro da Política, alguns de nós foram jantar em um restaurante da cidade, de propriedade de um casal participante de Famílias Novas. Após o jantar, o casal nos ofereceu como cortesia a sobremesa. E também nos convidou a conhecer, em outro momento, as criações que possuem para abastecimento do restaurante.

Na terça-feira, um outro casal de Famílias Novas ofereceu um passeio para conhecermos a fazenda da Embrapa, que é responsável pelo melhoramento do Guaraná aqui em Maués. Vieram nos buscar com uma Kombi, nos levaram para conhecer o cultivo do Guaraná e, durante a visita monitorada, nos ofereceram um saboroso suco de Guaraná concentrado.

Encontro com Jovens (Workshop sobre política) – noite

Os jovens prepararam o programa da noite junto com Gioi (Focolarina) e Vítor (Gen2), que chegaram durante à tarde de Manaus, para construir conosco o fim de semana e este momento com os jovens. Foi um workshop sobre Política, em que foi lido um texto de Antonio Maria Baggio e, em seguida, o público jovem foi dividido em 4 grandes grupos, que foram orientados por duplas de nossos jovens do Projeto.

Participaram deste momento cerca de 200 jovens que, após a discussão em grupo, apresentaram suas propostas para viver melhor a cidadania aqui em Maués. Foi um momento especial, em que víamos o futuro de Maués nos jovens participantes. Ao fim, convidamos todos a participar do nosso encontro de aprofundamento da Espiritualidade da Unidade no final de semana. Muitos nos procuraram prometendo participar deste momento conosco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário